getGeoIPCountryCode = SiteAppCode = BR Test : 'BR/'

OK

OKCancel

Thank you

Close

Entenda o tipo de protetor certo para a sua pele

Escolher um protetor solar parece uma tarefa fácil à primeira vista, mas a imensa gama de opções disponíveis no mercado e suas particularidades deixa essa decisão um pouco mais complicada para quem quer fazer a melhor escolha. Encontrar o produto ideal significa considerar fatores como idade, tom e oleosidade da sua pele, embora muita gente se preocupe apenas com o famoso FPS, ou Fator de Proteção Solar.

De fato, é justamente esse o atributo principal dos protetores e o responsável por nos proteger dos raios UVB, causador dos grandes males da exposição ao sol, entre eles o câncer de pele. De acordo com INCA, o Instituto Nacional do Câncer, o câncer de pele representa 33% dos casos da doença no Brasil - em torno de 180 mil por ano. Destes, estima-se que 80% são causados pela exposição exagerada ou desprotegida à radiação ultravioleta ao longo dos anos.

Para proteger-se do sol ao ar livre, especialistas recomendam o uso de produtos com FPS mínimo de 30. Por conta da quantidade de melanina presente, pessoas de pele mais morena ou negra podem usar fatores mais baixos, dependendo do período de exposição. Vale reforçar: todos os tons de pele precisam de proteção diária. Seguindo a mesma lógica, quem costuma ficar vermelho com facilidade pode apostar em protetores mais fortes - assim como pessoas com histórico de doenças de pele na família. Nunca é demais lembrar a velha máxima de evitar o sol das 10h às 16h, período com maior incidência da radiação ultravioleta.

Proteger não é tudo: o que mais levar em conta para fazer a escolha perfeita

Reaplicar também é importante, afinal o suor e o toque vão tirando a eficiência do filtro solar. Recomenda-se uma nova aplicação ao menos a cada duas horas e especialmente no rosto, ou sempre após se refrescar em mergulhos ou duchas. Por isso, escolher um protetor que tenha uma textura apropriada para seu tipo de pele garante que você não fique com aquela aparência "brilhosa" durante o dia. É possível optar por produtos no estilo spray, líquido, creme e outros, que têm um toque mais seco ou oleoso, dependendo da característica da pele.

Para quem tem uma pele mais sensível ou reações com produtos químicos, filtros físicos são a melhor opção. Eles não são absorvidos facilmente pelo corpo, são mais resistentes à água e indicados também para crianças - a partir dos seis meses já podem ser usados por eles. Em geral, esse tipo de filtro tem maior aderência, o que garante uma proteção mais duradoura. Já para os idosos, recomenda-se filtros com propriedades hidratantes para cuidar também da secura da cútis na terceira idade, além de serem de fácil aplicação.

Redobre a atenção na hora de passar o filtro em regiões que ficam sempre expostas ao sol e têm pele mais fina, como orelhas, cotovelo e o dorso do pé. Por fim, nunca é demais lembrar que consultar um dermatologista é a melhor recomendação para quem deseja saber mais sobre quais os tratamentos, cuidados e produtos são os mais indicados para seu tipo de pele. Com orientação profissional você tira todas suas dúvidas e garante um bronzeado totalmente saudável no verão.

Leia mais

Proteção solar

Cuidados com o sol: Tudo sobre nosso complexo protetor único

A Vichy desenvolveu um complexo protetor único para sua linha de cuidados solares, Idéal Soleil. Para que você possa entender melhor os benefícios que isso trará à sua pele, aqui está uma descrição de como os ingredientes ativos desses produtos protegem e cuidam de sua pele.

Leia o artigo

go to top